Descrição: O psiquiatra, cientista e escritor Augusto Cury nos leva a refletir na ciranda de insatisfação que estamos vivendo graças à paranóia do consumismo e da estética que inconscientemente geram uma contração da energia do prazer. O mundo moderno tornou-se uma fábrica de stress. O autor faz um apanhado de informações sobre os males emocionais mais comuns: A SPA e a Síndrome do Pânico.
O único lugar que deveria ser conservado jovem é a emoção. No entanto, a maioria de nós diminui a intensidade de prazer ao longo da vida. Há jovens de 20 anos biológicos com 100 de idade emocional. Envelhecemos emocionalmente quando plantamos menos flores e edificamos mais favelas na memória consciente e inconsciente. Não deveríamos poluir nossa emoção.


Autor: Augusto Cury

EM BREVE

Posts Relacionados por Marcador: