Descrição: Em 1989, o médico Drauzio Varella iniciou na antiga Casa de Detenção de São Paulo um trabalho voluntário de prevenção a aids. No Carandiru, Drauzio conviveu com personagens extraordinários, que seguiam um rígido código penal não escrito, criado pela própria população carcerária. Estação Carandiru fala da experiência de Drauzio, das pessoas que conheceu lá e das formas que elas encontraram para viver em terríveis condições. Um dos maiores fenômenos editoriais brasileiros, com mais de 460 mil exemplares vendidos e Prêmio Jabuti 2000 de Livro do Ano de Não-Ficção.

EM BREVE

Posts Relacionados por Marcador: